Você pode estar na lista para ganhar R$ 13 bilhões da Petrobras; saiba agora

Ótima notícia para quem investe na estatal

Nesta terça-feira (11), termina o prazo para o investidor garantir uma fração da bagatela de R$ 13,45 bilhões aprovados pela Petrobras (PETR4). Além disso, o Banco do Brasil (BBAS3) também repassará os proventos hoje. No primeiro caso, a petroleira distribuirá o dividendo referente ao primeiro trimestre deste ano, que corresponde a R$ 1,04161205 por ação ordinária ou preferencial. O pagamento se dará em duas parcelas:

  • 1ª parcela: no valor de R$ 0,52080603 por ação ordinária e preferencial em circulação, será paga em 20 de agosto de 2024 sob a forma de juros sobre capital próprio;
  • 2ª parcela: no valor de R$ 0,52080602 por ação ordinária e preferencial em circulação, será paga em 20 de setembro de 2024, sendo R$ 0,44736651 sob a forma de dividendos e R$ 0,07343951 sob a forma de juros sobre capital próprio.

Pagamentos do Banco do Brasil

Outro destaque desta terça-feira (11) é o Banco do Brasil, que vai pagar quase R$ 5 bilhões em proventos. Parte desse montante será distribuído para quem possui ações da instituição financeira no fim da sessão de hoje. Para estes investidores, serão repassados dividendos de R$ 0,165 por ação e Juros por Capital Próprio (JCP) equivalentes a 0,29316146583 por ação, totalizando R$ 3,784 em proventos.

Aqueles que mantiverem a posição até o próximo dia 13, também vão garantir parte da segunda distribuição do Banco do Brasil em junho, de R$ 1,166 bilhão, equivalente a R$ 0,20424044440 por ação em JCP.

Agenda de dividendos de junho

No dia 3 de junho, os bancos Bradesco (BBDC3; BBDC4) e Itaú (ITUB3; ITUB4) abriram o calendário de pagamentos de dividendos e JCP de junho. Até o final do mês, acionistas de pelo menos 32 companhias receberão proventos. Entre os destaques do mês está a Petrobras (PETR3; PETR4), que paga, no próximo dia 20, dividendos de aproximadamente R$ 1,40 por ação junto do rendimento referente ao recurso.

Ainda, o calendário de junho prevê o pagamento da Taesa (TAEE11), que aprovou a distribuição de R$ 144 milhões em JCP. O repasse toma como base a posição acionária do dia 13 de maio e o depósito será feito no próximo dia 27 de junho. De acordo com comunicado da empresa, o valor por ação ordinária ou preferencial será de R$ 0,14019703331 e por Unit, de R$ 0,42059109993.

Dividendos da semana

Na segunda-feira (10), a Equatorial Energia (EQTL3) abriu a agenda semanal de distribuição de dividendos e JCP das empresas da B3 (Bolsa de Valores do Brasil). Outras seis companhias distribuem proventos até a sexta-feira (14). A empresa que atua no setor elétrico vai distribuir R$ 516,2 milhões em dividendos extraordinários aos seus acionistas, o equivalente a 0,44999346846 por ação ordinária.

Também na segunda-feira (10), a Valid (VLID3), depositou R$ 0,34 por ação em JCP. O recurso será pago considerando a base acionária do dia 27 de maio de 2024. A agenda conta ainda com distribuições de empresas como JHSF (JHSF3), Santos Brasil (STBP3) e Marco Polo (POMO4). 

A semana prevê também o pagamento dos R$ 840 milhões em dividendos aprovados pela Cosan (CSAN3). De acordo com a companhia, o montante representa um repasse de R$ 0,45147654 por ação ordinária e o crédito será feito no dia 14 de junho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.