Quem tem esta carteirinha do Governo pode sacar R$ 80 MIL

O montante pode ser de grande ajuda, em especial para aqueles que estão buscando melhorar seus empreendimentos; entenda

Uma nova iniciativa criada pelas autoridades brasileiras disponibiliza saques de até R$ 80 mil para os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). A quantia é liberada de forma facilitada, principalmente para as mulheres. A novidade tem como principal objetivo ajudar o cidadão a se tornar dono do seu próprio negócio.

Estamos falando do recém-lançado Acredita, programa que traz iniciativas para impulsionar o empreendedorismo em terras brasileiras. Uma delas é a oferta de microcrédito para os com cadastro ativo no CadÚnico. A ideia é possibilitar que essas pessoas empreendam e se formalizem como Microempreendedores Individuais (MEIS).

Como informado pelo Governo Federal, a estimativa é de que 4,6 milhões de brasileiros do CadÚnico já empreendem formalmente, enquanto outros 14 milhões desejam se tornar donas do seu próprio negócio. Vale mencionar que o registro deve ser feito em uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) — para encontrar a agência mais próxima, basta consultar o Mapas Estratégicos para Políticas de Cidadania (MOPS).

Liberação de crédito para inscritos no CadÚnico

Como podemos observar, a inscrição no banco de dados governamental é o requisito básico para ter acesso ao microcrédito. Para evitar problemas, o Governo Federal criou um Fundo Garantidor de Operações (FGO) para garantir as operações, com aporte inicial de R$ 1 bilhão. Desse total, R$ 500 milhões serão investidos já neste ano de 2024.

Por meio dessa iniciativa, os bancos que fazem parte do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) vão oferecer linhas de crédito com condições especiais e únicas. Neste sentido, a partir dessa ação, será possível ter acesso a empréstimos de até R$ 80 mil, com cobertura de até 100% da operação. Além disso, o programa tem uma preocupação com o empreendedorismo feminino, tanto que 50% dos recursos serão destinados às mulheres.

Mais detalhes sobre o programa Acredita

  • 1. Acredita no Primeiro Passo: oferece microcrédito para os inscritos no CadÚnico;
  • 2. Acredita no Negócio: renegociação de dívidas, remodelagem do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), ampliação do crédito para os empreendedores;
  • 3. Acredita no Crédito Imobiliário: incentivo à construção civil e ao mercado imobiliário;
  • 4. Acredita no Brasil Sustentável: incentivo aos investimentos estrangeiros em projetos sustentáveis em todo o país e oferta de proteção cambial. 

Conheça o Pronampe

Como bem sabemos, para várias pessoas, a parte mais difícil de se ter um negócio é o investimento para que ele possa se estabilizar. Tudo vai depender do tipo de empreendimento, mas sempre vai existir uma lista de coisas básicas para se preocupar. Apesar de muitos não conhecerem esse programa, o Pronampe é um dos grandes aliados das MEIs no processo de crescimento, e pode dar uma linha de crédito especial e facilitada para ajudar no início do negócio.

A iniciativa nada mais é do que uma linha de crédito concedida pelo governo brasileiro (desde 2020) que tem como objetivo apoiar as pequenas empresas que sofreram os impactos da era pós-pandemia de COVID-19. O programa está em vigor neste ano, disponibilizando empréstimos para pequenas companhias e MEIs com juros mais baixos e prazo maior para começar a pagar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.