Desbloqueio de R$ 2.700 na Caixa para estes brasileiros em 2024

Para receber o dinheiro, é preciso atender uma série de requisitos; saiba quais são eles

Visando ajudar os trabalhadores que perderam seus empregos e buscam uma nova oportunidade no mercado de trabalho, o governo de São Paulo lançou um novo auxílio, batizado de Bolsa Trabalho, que faz parte do programa Bolsa do Povo. A iniciativa realiza pagamentos mensais para pessoas que estão tentando voltar a ativa.

Para ter acesso ao recurso, o interessado deve estar desempregado há, pelo menos, um ano e não estar recebendo o seguro-desemprego. Além disso, é preciso realizar a inscrição no site oficial do Bolsa do Povo. Lembre-se de verificar se você atende aos critérios exigidos. Se estiver apto, basta fornecer algumas informações.

Cabe frisar que a gestão é feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, visando proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda aos cidadãos paulistas que estejam fora do mercado de trabalho. Os participantes prestam serviços nos órgãos públicos, conforme direcionamento municipal, realizando curso de qualificação profissional.

Vale destacar que o depósito é feito diretamente no aplicativo bancário Caixa Tem (disponível para Android e iOS). Além disso, é possível sacá-lo com o cartão do Bolsa do Povo, fornecido pelo governo do Estado de São Paulo aos contemplados pelo Bolsa Trabalho e outros benefícios assistenciais.

Requisitos mínimos

  • 1. Estar desempregado por mais de um ano;
  • 2. Não estar recebendo seguro-desemprego ou benefícios governamentais semelhantes;
  • 3. Estar devidamente inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • 4. Ter renda mensal familiar de até meio salário mínimo por pessoa.

Valores concedidos

O montante pago pelo Bolsa do Povo é de R$ 540, depositado mensalmente no Caixa Tem, durante o período de até cinco meses. Dessa forma, o valor total dos cincos meses é equivalente a R$ 2.700. Vale mencionar que com o cartão é possível sacar dinheiro, fazer pagamentos de boletos e contas, além de passar em supermercados. Se preferir, o beneficiário pode transferir o valor do benefício para uma conta bancária pessoal.

Destaca-se que a entrega ou retirada do cartão do Bolsa do Povo pode ser feita pelos Correios no endereço cadastrado no programa. A única exceção é para o Auxílio Moradia, que haverá contato da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) do Estado de São Paulo informando o local para retirada.

Vale ressaltar que o Bolsa do Povo também oferece outros tipos de ajuda financeira para atender as necessidades da população mais carente do Estado de São Paulo, como assistência habitacional, capacitação profissional e muito mais. Abaixo, confira os outros programas disponibilizados.

Recursos do Bolsa do Povo

Antes de tudo, cabe mencionar que, para saber mais sobre as ações, requisitos, condições e valores dos benefícios, consulte o site oficial ou ligue na Central de Atendimento, no número 0800 7979 800. A consulta com um funcionário é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Já o atendimento eletrônico funciona 24h. Dito isso, conheça as outras iniciativas:

  • 1. Ação Jovem;
  • 2. Auxílio Moradia;
  • 3. Bolsa Talento Esportivo;
  • 4. Renda Cidadã;
  • 5. Via Rápida;
  • 6. Bolsa Trabalho;
  • 7. Prospera Família;
  • 8. Bolsa Empreendedor;
  • 9. Novotec Expresso;
  • 10. VidAtiva.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.