McDonald’s tem grande perda na Justiça envolvendo o Big Mac

Saiba o que aconteceu na batalha judicial envolvendo o sanduíche mais famoso do mundo

Recentemente, o McDonald’s perdeu o direito de usar com exclusividade a marca Big Mac para a versão de frango de seu mais famoso sanduíche na União Europeia (UE), visto que a gigante do fast food perdeu a batalha judicial contra a rede irlandesa Supermac. O caso corria no Tribunal Geral da UE, com a medida sendo anunciada na última quarta-feira (5).

A disputa dos hambúrgueres teve início lá em 2017, quando a Supermac tentou revogar a marca Big Mac. O Instituto da Propriedade Intelectual da UE chegou a atender o pedido da companhia irlandesa, mas voltou atrás depois de uma apelação do McDonald’s.

Na mesma quarta-feira, o Tribunal de Justiça da UE alterou a decisão e determinou que a rede estadunidense não pode reivindicar proteção da marca para versão de frango do sanduíche. O uso do nome no lanche com carne bovina, por sua vez, continua sendo exclusivo do McDonald’s.

A Justiça da UE entendeu que a rede de fast food não apresentou provas que demonstrassem o uso contínuo da marca Big Mac para os sanduíches de frango durante um período de cinco anos nos 27 países do bloco europeu. Ou seja, essa seria a condição para o exercício do direito à propriedade exclusiva.

Big Mac de frango

O lanche em disputa é considerado uma edição especial em solo europeu, apesar de ser bem comum nos Estados Unidos e no Reino Unido. Inclusive, ele segue a mesma receita da versão tradicional (molho especial, alface, queijo e picles em um pão de gergelim), mas com dois hambúrgueres de frango.

Sabíamos, quando assumimos a batalha, que se tratava de um cenário de Davi contra Golias. O objetivo original do nosso pedido de cancelamento era esclarecer o uso de bullying de marca registrada por essa multinacional para sufocar a concorrência“, disse Pat McDonagh, diretor administrativo da Supermac, em nota.

Para o McDonald’s, a decisão da UE não afeta o direito da companhia norte-americana com sede em Chicago de usar a marca registrada Big Mac. Em comunicado oficial, a empresa afirmou que segue entusiasmada para “servir com orgulho as comunidades locais”.

Novidade no cardápio

Apesar dos imbróglios judiciais na Europa, o McDonald’s anunciou, com direito a uma websérie filmada no Alasca e estreia no cinema, o retorno de um sanduíche muito amado pelos consumidores: estamos falando do McFish, que chega para uma segunda temporada nas lanchonetes.

Em fevereiro deste ano, quando o lanche retornou aos cardápios pela primeira vez em anos, houve desafios de logística, causados por uma demanda reprimida nos últimos tempos. Em São Paulo, por exemplo, as buscas pelo McFish foram 26 vezes maiores do que as expectativas da marca durante o lançamento.

As vendas do sanduíche serão abertas para o público na semana que vem, a partir do dia 11 de junho. Na primeira temporada, houve duas semanas de venda antecipada e mais outra para retirada dos lanches — em algumas lojas de São Paulo, os estoques começaram a rarear. Contudo, nacionalmente, as vendas do McFish duraram, aproximadamente, dois meses.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.