Itaú x Nubank: 10 empresas com maior valor de mercado em 2024

A maior empresa brasileira em 2024 no quesito valor de mercado não é outra senão a Petrobras, que impressiona com um patrimônio superior a R$ 500 bilhões. Essa liderança reflete não apenas o fortalecimento da organização no mercado financeiro, mas também o crescimento sólido que vem apresentando nos últimos anos. Destacam-se também nesta lista o Itaú Unibanco e a Vale, com valores substanciais de R$ 287,2 bilhões e R$ 280,8 bilhões, respectivamente.

O panorama atual é resultado de um crescimento consistente comparado ao ano passado, quando a Petrobras estava avaliada em R$ 378,7 bilhões e o Itaú Unibanco em R$ 244,8 bilhões. Além da liderança da Petrobras, Itaú Unibanco e Vale, outras empresas completam o ranking das dez maiores em valor de mercado na B3, como a Ambev, WEG e Banco do Brasil. Apesar das oscilações típicas do mercado, essas empresas mantêm elevadas suas avaliações.

Impacto dos dividendos no valor de mercado da Petrobras

Recentemente, a Petrobras anunciou que não distribuiria cerca de R$ 44 bilhões em dividendos extraordinários, decidindo manter esse montante em reserva. Tal movimento foi estratégico, considerando que, mesmo sem essa distribuição, a empresa não prevê perda de sua posição de liderança. 

Uma análise dos especialistas revela que, dentre as dez maiores empresas em valor, cinco são bancos. Essa concentração no setor bancário tem raízes históricas e reflete a sólida atuação dessas instituições financeiras que, mesmo em períodos de alta de juros, conseguiram manter performances robustas. Os juros elevados beneficiaram os spreads dos bancos, essenciais para sua rentabilidade em atividades como empréstimos e investimentos.

Outros destaques incluem as estratégias adaptativas do Banco do Brasil, visando maior investimento em tecnologia e Open Finance, que ajudaram a entender melhor suas demandas emergentes e reduzir taxas de inadimplência. Por outro lado, o Santander enfrentou desafios devido ao aumento da mesma, impactado pela alta da taxa de juros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.