13º do INSS libera 50% EXTRA para aposentados e pensionistas de 2024

À medida que nos aproximamos do meio do ano, uma ótima notícia chega para ampliar o alívio de milhões de brasileiros: o pagamento da segunda parcela do 13º salário pelo INSS. Um recurso que traz não apenas um respiro financeiro para aposentados e pensionistas, mas também energiza a economia nos municípios brasileiros. 

Alocado especialmente para aqueles que enfrentam adversidades, como os moradores do Rio Grande do Sul que sofreram com as enchentes recentes, o planejamento para o desembolso desta bonificação demonstra o cuidado em atender também às situações de emergência.

Este abono anual beneficia principalmente aposentados e pensionistas. No entanto, indivíduos que recebem outros tipos de auxílios, como o por incapacidade temporária, pensão por morte, auxílio-acidente e auxílio-reclusão, também recebem essa parcela extra. Em 2024, o montante do 13º do INSS é destinado a cerca de 33,7 milhões de pessoas, representando cerca de R$ 67 bilhões distribuídos em duas parcelas.

O 13º salário desempenha um papel fundamental na vida de incontáveis famílias brasileiras, que dependem dessa renda adicional para cobrir necessidades básicas e até mesmo para incrementar seus interesses pessoais através de investimentos. Para além do sustento familiar, o abono tem um efeito multiplicador na economia, já que os beneficiados tendem a gastar esse recurso dentro de suas próprias comunidades, impulsionando o comércio e serviços locais.

Calendário de pagamentos da antecipação do 13º salário do INSS

Os pagamentos da segunda metade da antecipação do 13º salário para os beneficiários do INSS têm início no próximo dia 24 para os que ganham até 1 salário mínimo. Os que ganham acima disso só começam a receber a partir do próximo dia 3 de junho. Confira as datas:

Segunda parcela para quem ganha até 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1: pagamento em 24 de maio;
  • Final do benefício 2: pagamento em 27 de maio;
  • Final do benefício 3: pagamento em 28 de maio;
  • Final do benefício 4: pagamento em 29 de maio;
  • Final do benefício 5: pagamento em 31 de maio;
  • Final do benefício 6: pagamento em 03 de junho;
  • Final do benefício 7: pagamento em 04 de junho;
  • Final do benefício 8: pagamento em 05 de junho;
  • Final do benefício 9: pagamento em 06 de junho;
  • Final do benefício 0: pagamento em 07 de junho.

Segunda parcela para quem ganha acima de 1 salário mínimo:

  • Final do benefício 1 e 6: pagamento em 03 de junho;
  • Final do benefício 2 e 7: pagamento em 04 de junho;
  • Final do benefício 3 e 8: pagamento em 05 de junho;
  • Final do benefício 4 e 9: pagamento em 06 de junho;
  • Final do benefício 5 e 0: pagamento em 07 de junho.

Para mais detalhes e informações atualizadas, os beneficiários devem consultar o site ou aplicativo Meu INSS ou entrar em contato direto através do número 135. Vale lembrar que beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada), tanto aposentados quanto deficientes de baixa renda, não têm direito ao 13º salário.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.