Bolsa Família + Vale-Gás em JUNHO: lista de quem terá benefício turbinado

Para ter acesso aos benefícios, o cidadão deve seguir algumas regras; saiba quais são elas

Conforme a inflação e os preços dos combustíveis oscilam, é comum que o poder de compra da população menos abastada financeiramente seja afetada significativamente. Para reduzir esses impactos, o Governo Federal criou o Auxílio Gás, popularmente conhecido como Vale-Gás, que, como o próprio nome indica, tem como principal objetivo ajudar na compra do gás de cozinha de 13 kg.

Vale lembrar que o benefício foi criado em 2021 devido a elevação dos custos do gás de cozinha na época. De lá para cá, o Vale-Gás tornou-se uma política pública permanente e vital para a sobrevivência de milhares de brasileiros, em especial para aqueles que são contemplados pelo Bolsa Família. Abaixo, saiba quem tem direito ao recurso e como ele funciona.

Cidadãos que podem ser agraciados pelo Vale-Gás

Assim como o Bolsa Família, o Auxílio Gás é concedido aos brasileiros inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda mensal familiar igual ou menor a meio salário mínimo por pessoa. Além disso, cidadãos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), bem como famílias sob medidas protetivas de urgência em virtude de violência doméstica, também estão elegíveis para receber o Vale-Gás.

Quando o benefício será pago?

A concessão do Vale-Gás acontece bimestralmente, isto é, a cada dois meses, seguindo a mesma metodologia de pagamentos de outros benefícios assistenciais, como o Bolsa Família. O montante é depositado diretamente na conta dos beneficiários, que podem sacar o valor ou utilizá-lo por meio do cartão do programa.

Para descobrir se você está na lista de contemplados do mês de junho, basta acessar o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS) ou acessar o portal oficial do Ministério da Cidadania, informando o Número de Identificação Social (NIS). Também é possível realizar a consulta utilizando o CPF, seja pelo app do Bolsa Família ou ligando diretamente para a pasta responsável.

Cabe mencionar que é de suma importância estar com o CadÚnico atualizado para garantir que o Vale-Gás não seja suspenso. Logo, qualquer mudança significativa na composição familiar deve ser informada em uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próxima.

Bolsa Família e Auxílio Gás

Pelo fato de ambos benefícios serem pagos no mesmo calendário, milhares de cidadãos podem receber uma pensão “turbinada” em junho. Lembrando que o Bolsa Família concede, além do pagamento mínimo de R$ 600, outros recursos extras, incluindo o Vale-Gás — que deve variar entre R$ 108 e R$ 110 neste mês. Abaixo, veja quais são os demais benefícios adicionais:

  • 1. Benefício Primeira Infância (BPI): concede R$ 150 para até duas crianças de zero a seis anos;
  • 2. Benefício Variável Familiar (BVF): libera R$ 50 para cada criança ou adolescente de sete a 18 anos incompletos, bem como gestantes;
  • 3. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): acréscimo de R$ 50 para cada integrante com até seis meses de idade (nutriz).

Datas de pagamento

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 20 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 21 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 27 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 28 de junho.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.