Presente de São João! Bolsa Família autoriza antecipação para estas famílias

O benefício será depositado logo no primeiro da distribuição

A partir do dia 17 de junho, o Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal (CEF), começa os pagamentos do Bolsa Família, contemplando mais de 20 milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade social e econômica. Vale lembrar que o cronograma segue uma ordem baseada no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, com os depósitos sendo feitos no Caixa Tem até o dia 28 deste mês.

Sendo assim, os segurados do programa de transferência de renda com NIS final 1 são os primeiros a receber o benefício. Vale destacar que o repasse do Bolsa Família de junho será antecipado para os moradores de cidades em situação de emergência ou de calamidade pública reconhecidos pela Defesa Civil.

Nestes casos, todos recebem o dinheiro no dia 17 de junho, independentemente do final do NIS, como é o caso de centenas de municípios no Rio Grande do Sul. Inclusive, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), pasta responsável pelo programa, criou um portal para que os contemplados consultem todas as informações referentes ao pagamento.

Bolsa Família: calendário de junho de 2024

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 20 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 21 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 27 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 28 de junho.

Aprovação no Bolsa Família

Para saber se você foi aprovado no programa governamental, é preciso aguardar um comunicado do MDS pelo correio. Ou seja, caso esteja na fila de espera e não tenha recebido a carta, o responsável pelo núcleo familiar deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou se dirigir até o setor responsável na prefeitura da cidade onde mora.

Outra forma de saber se foi ou não aprovado no Bolsa Família é consultando o aplicativo do programa (disponível para Android e iOS). Além disso, é possível fazer a consulta na Central de Atendimento da CEF pelo telefone discando o número 111 ou ligando para o atendimento Caixa ao Cidadão.

Regras para receber o benefício

  • 1. Para poder receber o Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês;
  • 2. O primeiro passo é estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados corretos e atualizados — o cadastramento é feito em postos de atendimento da assistência social dos municípios, com os CRAS;
  • 3. Contudo, mesmo inscrita no CadÚnico, a família não passa a receber o recurso de imediato. Isso porque, todos os meses, o MDS identifica os cidadãos que serão incluídos e que começarão a receber o dinheiro.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.