Valores de Junho do Bolsa Família são divulgados oficialmente hoje (1º)

Confira todos os detalhes sobre a sexta rodada de pagamentos do programa social

O programa Bolsa Família é uma das principais iniciativas do Governo Federal da rede de proteção social do Brasil, beneficiando mais de 20 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade econômica. À medida que o ano de 2024 passa, é fundamental entender o cronograma de repasses deste importante benefício e as novidades que o acompanham. Pensando nisso, nesta matéria, vamos explorar em detalhes o calendário de repasses do Bolsa Família deste mês de junho, bem como as normas e requisitos que regem o programa de transferência de renda governamental.

A princípio, para quem não esta familiarizado com a iniciativa, o Bolsa Família desempenha um papel crucial na redução da pobreza e da desigualdade social em terras brasileiras. Ao fornecer um auxílio financeiro mensalmente, o programa contribui para a melhoria das condições de vida de milhões de famílias que vivem em situação delicada.

Conheça os benefícios socioeconômicos do Bolsa Família

  • 1. Acesso à educação: o programa incentiva a frequência escolar de crianças e adolescentes, contribuindo para a redução da evasão e o aumento dos índices de escolaridade;
  • 2. Melhoria na saúde: as condicionalidades do Bolsa Família promovem o acompanhamento pré-natal, a vacinação e o monitoramento nutricional, impactando positivamente a saúde das famílias;
  • 3. Redução da pobreza: o benefício financeiro auxilia as famílias a suprir suas necessidades básicas, diminuindo os níveis de pobreza e extrema pobreza;
  • 4. Empoderamento das mulheres: tradicionalmente, o cartão do Bolsa Família é emitido em nome das mães, fortalecendo seu papel na tomada de decisões familiares;
  • 5. Estímulo à economia local: O dinheiro recebido pelas famílias é reinvestido no comércio e serviços de suas comunidades, gerando um efeito multiplicador na economia.

Valores concedidos por meio do programa

O Bolsa Família disponibiliza seis diferentes tipos de benefícios, ajustados de acordo com a situação socioeconômica de cada núcleo familiar contemplado. Esses valores podem variar, mas, atualmente, o programa social mantém o benefício básico de R$ 600 por família. Dito isso confira os benefícios adicionais:

  • 1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família;
  • 2. Benefício Complementar (BCO): valor adicional para garantir que cada família receba no mínimo R$ 600;
  • 3. Benefício Primeira Infância (BPI): extra de R$ 150 por criança de até sete anos;
  • 4. Benefício Variável Familiar (BVF): adicional de R$ 50 para gestantes ou crianças e adolescentes de sete a 18 anos incompletos;
  • 5. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): extra de R$ 50 por membro da família com até sete meses;
  • 6. Benefício Extraordinário de Transição (BET): garante que ninguém receba menos do que no antigo programa (Auxílio Brasil), válido até maio de 2025.

Cronograma de junho do Bolsa Família

De acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e da Caixa Econômica Federal (CEF), os pagamentos serão realizados de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada titular. Veja:

  • NIS final 1: depósito no dia 17 de junho;
  • NIS final 2: depósito no dia 18 de junho;
  • NIS final 3: depósito no dia 19 de junho;
  • NIS final 4: depósito no dia 20 de junho;
  • NIS final 5: depósito no dia 21 de junho;
  • NIS final 6: depósito no dia 24 de junho;
  • NIS final 7: depósito no dia 25 de junho;
  • NIS final 8: depósito no dia 26 de junho;
  • NIS final 9: depósito no dia 27 de junho;
  • NIS final 0: depósito no dia 28 de junho.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.