Guia definitivo de como garantir extra de R$ 102 no Bolsa Família

Ao seguir as nossas orientações, é possível ser contemplado pelo valor em junho

O Auxílio Gás trata-se de um benefício crucial, sendo destinado às famílias de baixa renda para ajudar nos custos com o gás de cozinha. Implementado pelo Governo Federal, o recurso visa facilitar o acesso a este item fundamental, promovendo maior conforto e segurança alimentar aos cidadãos que mais precisam.

Desde janeiro do ano passado, o governo brasileiro passou a subsidiar 100% do valor do botijão de gás bimestralmente, isto é, a cada dois meses. Sendo assim, essa iniciativa tem como base os preços médios estipulados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e se alinha com o calendário de pagamentos do Bolsa Família, otimizando assim a organização financeira das famílias contempladas.

Como receber o Auxílio Gás?

Para ser elegível ao Auxílio Gás, as famílias precisam estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e com dados atualizados. A verificação e atualização dessas informações podem ocorrer nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

Assim, o repasse do Auxílio Gás é administrado pela Caixa Econômica Federal (CEF) e ocorre apenas em meses pares. Dessa forma, os depósitos são feitos de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários, seguindo um calendário para evitar congestionamentos nas agências bancárias durante os dias de pagamento.

Cronograma de junho

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 20 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 21 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 27 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 28 de junho.

Além disso, é importante ter em mente que a prioridade para o recebimento do Auxílio Gás é dada para vítimas de violência doméstica e para contemplados pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC), com os repasses sendo feitos de preferência em nome de uma mulher maior de 16 anos.

Canais de atendimento para consultar o benefício

Nas próximas linhas, veja como consultar o pagamento do Auxílio Gás:

  • 1. Caixa Tem (disponível para Android e iOS);
  • 2. Central de Atendimento da CEF: telefone 111;
  • 3. Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome: telefone 121.

Por último, mas não menos importante, se você faz parte do programa Bolsa Família, verifique se tem direito a esse benefício e aproveite para garantir uma alimentação mais adequada para você e sua família.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.