Antecipação do Bolsa Família tem confirmação OFICIAL liberada hoje (29)

Saiba quais regiões vão receber o benefício de maneira antecipada

Como bem sabemos, o Bolsa Família figura como um dos principais programas assistenciais do Brasil, sendo responsável por fornecer uma ajuda de custo mensal a milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica. Com a rodada de pagamentos de junho cada vez mais próxima, os contemplados pela iniciativa já estão se preparando para receber seus benefícios.

Nas próximas linhas, veja todos os detalhes sobre o recebimento antecipado do Bolsa Família de junho, incluindo os municípios que terão o pagamento unificado, o valor médio da parcela, e os canais disponíveis para consulta do recurso governamental.

Antecipação do Bolsa Família em junho

O mês de junho marca mais um novo ciclo de repasses do programa de transferência de renda e, desta vez, assim como aconteceu em maio, diversas cidades do país terão o benefício antecipado. Isso acontece devido aos decretos de emergência e calamidade pública, que têm duração de dois meses, antecipando o montante por duas vezes.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), pasta responsável pelo programa, em um recente levantamento, um total 531 municípios em todo território nacional terão o pagamento unificado, abrangendo os seguintes Estados:

  • Rio Grande do Sul: 497 cidades;
  • Alagoas: 2 cidades;
  • Bahia: 3 cidades;
  • Roraima: 5 cidades;
  • Ceará: 4 cidades;
  • Rio Grande do Norte: 2 cidades;
  • Amazonas: 3 cidades;
  • Paraíba: 2 cidades;
  • Pernambuco: 1 cidade;
  • Maranhão: 13 cidades.

A antecipação contemplará milhões de famílias, permitindo que elas tenham acesso aos recursos do Bolsa Família com maior agilidade.

Quanto vou receber do programa em junho?

Segundo as projeções do MDS, o valor médio do Bolsa Família de junho deve girar em torno de R$ 680,00 por família. No entanto, cabe destacar que esse valor pode variar de acordo com as particularidades de cada núcleo familiar, como o número de integrantes e a renda mensal per capita (por pessoa).

Além disso, no mês de junho, haverá o repasse do Auxílio Gás, que beneficia mais de 5 milhões de famílias. O recurso em questão ajudará a minimizar os impactos do alto custo dos combustíveis e do gás de cozinha, item fundamental em qualquer lar do país.

Canais para consulta

Para acompanhar o status e o valor da parcela do programa assistencial, os beneficiários contam com diversas opções de consulta, entre elas:

  • Aplicativo do Bolsa Família;
  • Aplicativo Caixa Tem;
  • Aplicativo do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico).

Portal Cidadão da Caixa

O Portal Cidadão da Caixa também permite a consulta do benefício, informando o valor a ser recebido e a situação do benefício (liberado, bloqueado ou cancelado).

Ouvidoria do MDS

Em certos casos, os segurados do Bolsa Família também conseguem descobrir se estão aptos a receber o benefício por meio da Ouvidoria do MDS.

Horário de liberação

De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), os benefícios sociais, incluindo o Bolsa Família e o Auxílio Gás, começam a ser depositados para os contemplados nas primeiras horas do dia. Geralmente, até as 9h da manhã, o dinheiro já estará depositado na conta do titular.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.