Saiba como desbloquear bônus de R$ 300 autorizado para mães do Bolsa Família

O recurso adicional pode ser de grande ajuda para as chefes de família

Devido a uma recente medida do Governo Federal, um importante acréscimo no programa Bolsa Família foi implementado. A partir deste mês de maio, as mães contempladas pela iniciativa assistencial receberão um adicional de R$ 300, beneficiando diretamente as famílias em condições de vulnerabilidade social e econômica. Este incremento tem como objetivo oferecer uma rede de segurança financeira mais robusta para os cidadãos brasileiros que dependem desse auxílio.

Para receber o montante extra, as mães precisam se enquadrar em algumas normas estabelecidas pelo Governo Federal. Uma exigência chave é a manutenção atualizada do registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Ou seja, é preciso atualizar os dados pessoais e familiares pelo menos a cada dois anos nas unidades do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Além disso, o novo benefício será transferido diretamente para a conta poupança social digital dos beneficiários, que podem gerir os recursos por meio do aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS). O acesso ao recurso será facilitado com assistência contínua pela Caixa Econômica Federal (CEF), por meio de seu site e aplicativos oficiais.

Mantenha o CadÚnico sempre atualizado

A atualização contínua do CadÚnico não apenas garante a recepção dos benefícios como também ajuda na adequação do programa às necessidades atuais das famílias, permitindo a otimização constante dos serviços oferecidos. A conscientização sobre esses procedimentos é fundamental para que as famílias possam maximizar os benefícios recebidos.

Isso porque o Bolsa Família tem sido uma ferramenta crucial na redução da pobreza e desigualdade social em terras brasileiras. Suas adaptações e ampliações de benefícios mostram o esforço contínuo do governo em fornecer não apenas assistência, mas também condições para um progresso sustentável das famílias menos favorecidas.

Benefícios concedidos pelo Bolsa Família em 2024

O Bolsa Família oferece uma vasta gama de benefícios destinados a atender às múltiplas necessidades das famílias brasileiras. Abaixo, você confere quais são eles e quem pode recebê-los:

  • 1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC): montante mensal de R$ 142 por membro da família;
  • 2. Benefício Primeira Infância (BPI): ajuda mensal de R$ 150 para cada criança entre zero a sete anos;
  • 3. Benefício Variável Familiar (BVF): para gestantes e adolescentes entre sete a 18 anos, uma adição de R$ 50;
  • 4. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): para bebês com até sete meses de idade, uma contribuição de R$ 50;
  • 5. Benefício Extraordinário de Transição (BET): tem como objetivo garantir a continuidade do antigo valor do Auxílio Brasil até maio de 2025;
  • 6. Benefício Complementar (BCO): garante que cada família alcance um ingresso mínimo mensal de R$ 600.

Liberação do Bolsa Família

A seguir, veja o cronograma referente aos pagamentos do mês de maio. Lembrando que o calendário é baseado no último dígito do Número de Identificação Social (NIS):

  • NIS final 1: depósito no dia 17 de maio;
  • NIS final 2: depósito no dia 20 de maio;
  • NIS final 3: depósito no dia 21 de maio;
  • NIS final 4: depósito no dia 22 de maio;
  • NIS final 5: depósito no dia 23 de maio;
  • NIS final 6: depósito no dia 24 de maio;
  • NIS final 7: depósito no dia 27 de maio;
  • NIS final 8: depósito no dia 28 de maio;
  • NIS final 9: depósito no dia 29 de maio;
  • NIS final 0: depósito no dia 31 de maio.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.