236 cidades estão festejando com grande comunicado da Anatel

Veja o que vai mudar nestes municípios após o anúncio do órgão

Na próxima segunda-feira (27), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai liberar a ativação da rede 5G, de alta velocidade, em mais 236 cidades. Com isso, o total de municípios aptos a oferecer a nova tecnologia chega a 4.134 localidades, que, juntas, somam 189 milhões de habitantes, aproximadamente 88,6% da população brasileira.

Com o anúncio, as operadoras de telefonia do país poderão instalar suas antenas 5G nessas cidades. No entanto, do total liberado, apenas 463 localidades (11,19%) contam com ao menos uma estação de 5ª geração. Isso porque as empresas analisam aspectos econômicos, como o total de usuários com celulares 5G antes de investir na ampliação de rede.

Estados e municípios contemplados

Nessa nova leva de cidades que estarão aptas a receber a infraestrutura estão localidades da Paraíba (140), Tocantins (54), Rondônia (39) e Minas Gerais (3). Com isso, serão 15 Estados com 100% de seus municípios com 5G. Agora, faltam apenas Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Acre, Amazonas, Pará, Piauí, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Em nota, o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, disse que o cronograma vai até 2030. Vale lembrar que o leilão do 5G ocorreu há três anos e prevê rede de 5ª geração em mais de 5 mil municípios.

Atualmente, há 157 celulares aptos a suportarem o 5G puro, que confere velocidade até 20 vezes maior que o 4G. De acordo com a Anatel, o total de conexões soma 9,4% dos 258,2 milhões de usuários. A 5ª geração já ultrapassou o 2G (7,8%) e o 3G (7,5%). O 4G, por sua vez, conta com 75,2% das linhas.

O Brasil já tem quase 20 mil antenas capazes de oferecer tráfego no 5G puro, na faixa 3,5 GHz. No entanto, ainda há uma concentração nas 20 maiores cidades do país, que somam 65,7% desse total.

Liberação do sinal

Novas cidades contempladas

  • 1. Paraíba: 140 municípios passaram a ser contemplados;
  • 2. Tocantins: 54 municípios passaram a ser contemplados;
  • 3. Rondônia: 39 municípios passaram a ser contemplados;
  • 4. Minas Gerais: 3 municípios passaram a ser contemplados.

5G em 100% dos Estados

  • 1. Alagoas;
  • 2. Amapá;
  • 3. Distrito Federal;
  • 4. Espírito Santo;
  • 5. Maranhão;
  • 6. Paraíba;
  • 7. Paraná;
  • 8. Rio de Janeiro;
  • 9. Roraima;
  • 10. Rondônia;
  • 11. Rio Grande do Sul;
  • 12. Santa Catarina;
  • 13. Sergipe;
  • 14. São Paulo;
  • 15. Tocantins.

Esbarrando na burocracia

De acordo com o levantamento feito pelo Cidades Amigas do 5G divulgado no dia 20 de maio, a maioria das cidades brasileiras mais populosas conta com algum tipo de inadequação que atrasa a implementação da rede 5G. Dentre os municípios analisados, 59% possuem normas regionais que não estão de acordo com as regras de licenciamento sob jurisdição da Anatel. Entre os casos pesquisados, as cidades aplicam licenças adicionais para condicionar a instalação de novas tecnologias por parte das operadoras de telecomunicações.

O estudo também aponta que 50% das cidades exigem licenciamento para infraestrutura compactas e de baixo impacto visual, o que contraria a Lei nº 13.116, de 20 de abril de 2015, também conhecida como Lei Geral das Antenas.

O levantamento indica que metade desse grupo de cidades não atende ao prazo de dois meses para autorizar a instalação de estações rádio base (ERB). Estima-se que o tempo médio para que esses sistemas sejam implementados seja de três a seis meses, o que também dificulta a expansão dos serviços móveis de última geração.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.