Enem dos Concursos confirma nova data após tragédia no Rio Grande do Sul

O Ministério da Gestão divulgou nesta quinta-feira (23) a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), que ficou conhecido como “Enem dos concursos”. As avaliações vão acontecer no dia 18 de agosto, em 228 cidades do país.

Com a inscrição de mais de 2,1 milhões de candidatos, surge um dos maiores concursos unificados para 21 órgãos do governo federal. Os participantes competem por 6.640 vagas, e as expectativas são altas com a chegada de um novo cronograma que será apresentado em breve pelo Ministério da Gestão.

É essencial que todos os candidatos se mantenham atualizados com as informações divulgadas oficialmente. Um passo crucial será verificar novamente os cartões de prova, disponíveis a partir de 7 de agosto, para confirmar os locais designados. Este cartão pode ser acessado na Área do Candidato do site no qual a inscrição foi realizada.

O uso do documento de identidade digital será permitido, contanto que o candidato já tenha o aplicativo correspondente instalado no celular. Este procedimento assegura uma entrada mais rápida e eficiente no local de prova.

Novas regras para o dia da prova

No dia do exame, será fundamental seguir todas as orientações da organização, que visam garantir a integridade e a segurança do processo. A Fundação Cesgranrio, responsável pela execução, fornecerá envelopes porta-objetos para que os candidatos guardem seus pertences pessoais, incluindo celulares, que deverão permanecer desligados e só poderão ser acessados fora do ambiente de prova.

Além disso, é recomendado que os participantes usem roupas e calçados confortáveis, considerando os dois turnos de aplicação. Qualquer descumprimento das regras, como o porte de aparelhos eletrônicos durante a prova, resultará na eliminação imediata do candidato.

Veja como serão estruturadas as provas do concurso:

  • Matutino (2h30 de prova):
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimentos específicos.
    • Nível médio: provas objetivas (15 questões) + redação.
  • Vespertino (3h30 de prova):
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões).
    • Nível médio: provas objetivas de 45 questões; sem componentes dissertativos além da redação pela manhã.

Este concurso representa uma oportunidade significativa para muitos profissionais que buscam uma posição no serviço público. A designação “Enem dos concursos” reflete a escala e a importância dessa iniciativa, que busca preencher vagas em diversos órgãos federais. Para dúvidas e mais informações, os candidatos podem acessar o site gov.br/gestao/concursonacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.