Segunda parcela do 13º do INSS pode ser consultada ainda hoje (22)

Por meio dos canais de atendimento, os beneficiários podem verificar quanto e quando vão receber os recursos

Os aposentados e pensionistas do Instituo Nacional do Seguro Social (INSS) podem consultar o valor da segunda parcela do 13º salário de maneira simples e sem burocracia por meio do site ou aplicativo Meu INSS (disponível para Android e iOS), bem como pela central telefônica 135.

Esse processo é crucial para se preparar para os descontos legais como Imposto de Renda (IR) e pensão alimentícia. Inclusive, entre os beneficiários elegíveis, estão aqueles que recebem:

  • 1. Auxílio por incapacidade temporária;
  • 2. Auxílio-acidente;
  • 3. Aposentadoria;
  • 4. Pensão por morte ou auxílio-reclusão;
  • 5. Salário-maternidade (sendo pago proporcionalmente).

Recebimento do 13º salário do INSS

Quanto ao pagamento, aqueles que ganham até um salário mínimo tem datas específicas distribuídas entre o final de maio e início de junho de 2024, enquanto aqueles que recebem acima deste piso terão seus pagamentos nos cinco primeiros dias úteis de junho. Abaixo, veja os cronogramas:

Para quem recebe até um salário mínimo (1ª parcela)

  • Final do número do benefício 1: depósito no dia 25 de maio;
  • Final do número do benefício 2: depósito no dia 26 de maio;
  • Final do número do benefício 3: depósito no dia 27 de maio;
  • Final do número do benefício 4: depósito no dia 28 de maio;
  • Final do número do benefício 5: depósito no dia 31 de maio;
  • Final do número do benefício 6: depósito no dia 1º de junho;
  • Final do número do benefício 7: depósito no dia 2 de junho;
  • Final do número do benefício 8: depósito no dia 4 de junho;
  • Final do número do benefício 9: depósito no dia 7 de junho;
  • Final do número do benefício 0: depósito no dia 8 de junho.

2ª parcela

  • Final do número do benefício 1: depósito no dia 24 de junho;
  • Final do número do benefício 2: depósito no dia 25 de junho;
  • Final do número do benefício 3: depósito no dia 28 de junho;
  • Final do número do benefício 4: depósito no dia 29 de junho;
  • Final do número do benefício 5: depósito no dia 30 de junho;
  • Final do número do benefício 6: depósito no dia 1º de julho;
  • Final do número do benefício 7: depósito no dia 2 de julho;
  • Final do número do benefício 8: depósito no dia 5 de julho;
  • Final do número do benefício 9: depósito no dia 6 de julho;
  • Final do número do benefício 0: depósito no dia 7 de julho.

Para quem recebe mais do que um salário mínimo (1ª parcela)

  • Final do benefício 1 ou 6: depósito no dia 1º de junho;
  • Final do benefício 2 ou 7: depósito no dia 2 de junho;
  • Final do benefício 3 ou 8: depósito no dia 4 de junho;
  • Final do benefício 4 ou 9: depósito no dia 7 de junho;
  • Final do benefício 5 ou 0: depósito no dia 8 de junho.

2ª parcela

  • Final do benefício 1 ou 6: depósito no dia 1º de julho;
  • Final do benefício 2 ou 7: depósito no dia 2 de julho;
  • Final do benefício 3 ou 8: depósito no dia 5 de julho;
  • Final do benefício 4 ou 9: depósito no dia 6 de julho;
  • Final do benefício 5 ou 0: depósito no dia 7 de julho.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.