Caixa Tem libera saque extraordinário de R$ 6.220; veja se tem direito

Para ter acesso ao montante, é preciso atender alguns requisitos

A Caixa Econômica Federal (CEF) costuma liberar o saque calamidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para cidades que decretaram estado de calamidade pública, contanto que seja reconhecido pelo Governo Federal. Uma vez liberado, os trabalhadores podem utilizar o canal online do Fundo para solicitar o montante de até R$ 6.220.

Conforme os decretos de calamidade pública nas cidades do Rio Grande do Sul (RS) vão sendo publicados e reconhecidos, a CEF vai concedendo o benefício. Inclusive, recentemente, os moradores de mais quatro municípios foram autorizados a fazer a retirada.

Quem tem acesso ao saque calamidade do FGTS?

Como destacado há pouco, o recurso é liberado em qualquer lugar do Brasil que tenha seu estado de calamidade reconhecido pelo governo brasileiro, visando servir como uma forma de reerguer financeiramente o trabalhador que foi afetado por algum desastre natural — como é o caso das cidades do RS.

Em linhas gerais, quando a cidade decreta situação de calamidade pública, a CEF se organiza para liberar os recursos da modalidade. Neste sentido, o montante de até R$ 6.220 é concedido quando há:

  • 1. Enchentes;
  • 2. Alagamentos;
  • 3. Deslizamentos;
  • 4. Derramamento de barragem;
  • 5. Seca;
  • 6. Estiagem.

Vale ressaltar que o valor recebido é de, no máximo, R$ 6.220, e o trabalhador não pode ter feito o saque calamidade do FGTS pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses (um ano). Contudo, no caso dos moradores do Rio Grande do Sul, esse período de carência foi suspenso.

Retirada do benefício

A solicitação do saque calamidade do FGTS pode ser feita presencialmente em uma agência da Caixa Econômica. No entanto, devido aos alagamentos, muitas unidades não estão oferecendo esse tipo de atendimento. Logo, a opção dada ao trabalhador é o pedido online. Abaixo, confira o passo a passo de como sacá-lo pelo aplicativo:

  • 1. Primeiro, acesse o app do FGTS (disponível para Android e iOS) e faça login;
  • 2. Na tela inicial, procure por “Saque digital”;
  • 3. Agora, escolha “Calamidade pública”;
  • 4. Informe o município em que reside;
  • 5. Envie um comprovante de endereço em seu nome;
  • 6. Preencha a ficha cadastral com todos os seus dados;
  • 7. O dinheiro será transferido para a conta corrente que for informada na plataforma, ou na que já estiver cadastrada no app.

Conheça o saque-aniversário

Neste ano, ainda é possível receber pelo menos R$ 6.220 por meio do saque-aniversário do FGTS. Abaixo, veja as situações que dão acesso ao montante:

  • 1. Nascidos de abril a dezembro ainda podem receber, para eles a troca da rescisão para o saque-aniversário deve ser feita até o fim do mês do seu nascimento;
  • 2. Nascidos em fevereiro ou março, desde que já tenham optado pelo saque-aniversário, mas ainda não tenham resgatado o valor;
  • 3. Nascidos de janeiro a março que não tenham optado pelo saque-aniversário, ou que já tenham recebido, desde que solicitem a antecipação de parcelas (empréstimo).

Tabela de valores

Limite das faixas de saldoAlíquotaParcela adicional
Até R$ 50050,0%Não há parcela
De R$ 500,01 até R$ 1.000,0040,0%R$ 50,00
De R$ 1.000,01 até R$ 5.000,0030,0%R$ 150,00
De R$ 5.000,00 até R$ 10.000,0020,0%R$ 650,00
De R$ 10.000,01 até R$ 15.000,0015,0%R$ 1.150,00
De R$ 15.000,01 até R$ 20.000,0010,0%R$ 1.900,00
Acima de R$ 20.000,015,0%R$ 2.900,00
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.