Alerta do Bolsa Família de Maio para quem tem NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

Fique por dentro de todos os detalhes sobre o recente informe do Governo Federal

Tendo sido criado em 2003 por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para auxiliar as famílias que vivem na linha da extrema pobreza, o Bolsa Família paga mensalmente um benefício no valor mínimo de R$ 600. No entanto, com o passar do tempo, o programa de transferência de renda sofreu diversas mudanças.

Neste sentido, desde março do ano passado, o Bolsa Família concede benefícios adicionais para os seus mais de 20 milhões de segurados. Contudo, para recebê-los, é crucial que o titular e seus dependentes estejam com seus dados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) atualizados, além de seguirem as regras ligadas à saúde e à educação.

No que diz respeito aos repasses extras, está o Auxílio Gás, que será liberado antecipadamente para as famílias do Rio Grande do Sul (RS) — os demais segurados do Bolsa Família vão recebê-lo apenas em junho. Lembrando que o benefício concede a cada dois meses o valor de um botijão de gás de 13 kg. Neste mês, o montante será de R$ 102.

Também vale lembrar que o depósito é feito diretamente na conta poupança social do Caixa Tem. Ou seja, para realizar a movimentação dos valores, é preciso utilizar o aplicativo bancário, disponível tanto para celulares Android quanto para iOS (iPhone). Dito isso, abaixo, confira cronograma elaborado pela Caixa Econômica Federal (CEF).

Datas de pagamento do Bolsa Família e do Auxílio Gás

Antes de tudo, cabe destacar que os repasses são feitos de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada titular, no intuito de evitar aglomerações nas agências bancárias. Entretanto, como informado anteriormente, os contemplados pelo programa no RS tiveram acesso antecipado, recebendo no primeiro dia da distribuição. Os demais devem seguir o este cronograma:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 20 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 21 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 22 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 23 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 27 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 28 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 29 de maio;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 31 de maio.

Aumento no valor base

Além do Auxílio Gás, o Bolsa Família concede outros benefícios adicionais, a depender da quantidade de integrantes, visto que famílias com muitos membros costumam ter um gasto mais elevado. Nas próximas linhas, descubra o valor de cada recurso extra e quem pode recebê-los:

  • 1. Benefício Primeira Infância (BPI): extra de R$ 150 para até duas crianças de zero a sete anos;
  • 2. Benefício Variável Familiar (BVF): adicional de R$ 50 para crianças e adolescentes entre sete e 18 anos, e gestantes;
  • 3. Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): concede R$ 50 para cada integrante com até seis meses de vida (nutriz).
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.