CAIXA Tem emite comunicado de saque para quem tem NIS Final 2

Hoje, dia 20 de maio, marca mais um pagamento do Bolsa Família, dirigido aos beneficiários com final de Número de Inscrição Social (NIS) 2. Este programa tem sido fundamental no combate à pobreza, alcançando até o momento quase 21 milhões de famílias em todo o Brasil. O Bolsa Família oferece um valor mínimo de R$ 600 por família, somando-se a isso adicionais que elevam o benefício médio para R$ 682,32.

Existem no programa adicionais específicos para mães de bebês de até seis meses, famílias com gestantes e crianças entre 7 e 18 anos, além de outro adicional para famílias com crianças de até 6 anos. Confira:

  • Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142 por membro familiar; 
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade.

Com a Lei 14.601/2023, o desconto do Seguro Defeso foi eliminado, beneficiando famílias que se sustentam através da pesca artesanal e que precisam pausar suas atividades no período da piracema. Além disso, desde julho de 2023, o Bolsa Família está integrado ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), o que permitiu um cruzamento de dados mais eficaz e a exclusão de famílias que não atendiam aos critérios do programa.

Importância social na proteção da renda

Outro aspecto relevante do Bolsa Família é a chamada “regra de proteção”, que, desde junho de 2023, permite que membros das famílias beneficiárias que consigam emprego e aumentem sua renda continuem recebendo 50% do benefício pelo prazo de dois anos, considerando que a renda por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo. Essa medida impacta diretamente cerca de 2,59 milhões de famílias, buscando garantir uma transição suave para a estabilidade financeira sem retirar imediatamente o auxílio.

Os beneficiários podem acompanhar as datas de pagamento e valores através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS. Esse aplicativo serve também para gerenciar outras contas de poupança digitais do banco, se consolidando como uma ferramenta essencial para o acesso a informações e serviços financeiros pelo celular.

Neste mês, houve a inclusão de 170 mil novas famílias no programa, graças à política de busca ativa e à reestruturação do Sistema Único de Assistência Social (Suas). Essas famílias foram identificadas como vulneráveis e previamente não beneficiadas, realçando o compromisso do programa em alcançar todos os que necessitam.

Calendário do Bolsa Família de maio

Neste mês de maio, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, como de costume. Confira os repasses restantes:

  • 20 de maio – NIS final 2
  • 21 de maio – NIS final 3
  • 22 de maio – NIS final 4
  • 23 de maio – NIS final 5
  • 24 de maio – NIS final 6
  • 27 de maio – NIS final 7
  • 28 de maio – NIS final 8
  • 29 de maio – NIS final 9
  • 31 de maio – NIS final 0
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.