Revelado quem recebe Bolsa Família de R$ 600 antecipado HOJE (18)

O Bolsa Família atua como um programa significativo de transferência direta de renda, contribuindo substancialmente para a redução da pobreza no Brasil. Neste mês de maio, um novo calendário de pagamentos foi estabelecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social, apresentando mudanças positivas e antecipações cruciais, com o objetivo de auxiliar rapidamente as famílias em situações de emergência.

O governo decidiu pela antecipação dos pagamentos do programa após extensa análise das condições de emergência presentes em várias localidades do país. Essa ação tem como intuito fornecer suporte financeiro de modo mais ágil, garantindo que as famílias possam administrar suas necessidades sem atrasos adicionais, sobretudo em regiões mais afetadas por calamidades.

Calendário do Bolsa Família

Para otimizar o processo de distribuição dos recursos, o governo organizou um calendário específico para o mês de maio, visando agilidade e eficiência. Abaixo, as datas revisadas para o depósito dos benefícios, organizadas de acordo com o último dígito do NIS:

  • NIS final 1 – 17 de maio
  • NIS final 2 – 18 de maio
  • NIS final 3 – 21 de maio
  • NIS final 4 – 22 de maio
  • NIS final 5 – 23 de maio
  • NIS final 6 – 24 de maio
  • NIS final 7 – 25 de maio
  • NIS final 8 – 28 de maio
  • NIS final 9 – 29 de maio
  • NIS final 0 – 31 de maio

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Melhorias nos valores dos benefícios em maio

Além da reestruturação no calendário, maio marca também uma elevação nos valores repassados pelo Bolsa Família. As adequações foram realizadas pensando em suprir de forma mais efetiva as necessidades das famílias beneficiárias. Veja os ajustes:

  • Valor base por pessoa: R$ 142, com mínimo de R$ 600 para famílias de até quatro membros
  • Crianças menores de seis anos: benefício adicional de R$ 150 por criança
  • Gestantes: suporte adicional de R$ 50
  • Lactantes: auxílio de R$ 50 mensais nos primeiros seis meses de vida do bebê
  • Crianças e adolescentes entre sete a dezoito anos: adicional de R$ 50 por pessoa

Obrigações dos beneficiários

É importante lembrar as obrigações das famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família. Elas devem cumprir condições nas áreas de saúde e educação, tais como: 

  • Frequência escolar para crianças e adolescentes de 4 a 17 anos; 
  • Acompanhamento pré-natal para gestantes; 
  • Monitoramento nutricional (peso e altura) de crianças de até sete anos; 
  • Adesão ao calendário nacional de vacinação.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.