Estas 59 cidades têm direito ao saque calamidade de até R$ 6.220

Veja se o seu munícipio foi incluído na lista

Os trabalhadores de mais 17 cidades do Rio Grande do Sul (RS) podem solicitar o saque calamidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). As concessões foram liberadas na última quinta-feira (16) pela Caixa Econômica Federal (CEF). Destaque para o município de Canoas, que foi duramente atingido pelas fortes chuvas e enchentes.

Vale lembrar que o valor máximo para saque é de R$ 6.220 por pessoa, limitado ao saldo da conta. Para ter acesso ao benefício, é necessário preencher a solicitação pelo aplicativo da Caixa Econômica (disponível para Android e iOS). Inclusive, não é necessário comparecer a uma agência da CEF. Em municípios com menos de 50 mil habitantes, também não será exigida a apresentação do comprovante de residência.

Com a implementação da nova medida, sobe para 59 o número de cidades com direito ao saque calamidade do FGTS devido à enchente atual. A ação vale para municípios em estado de calamidade pública e também em situação de emergência, no intuito de atender o maior número possível de trabalhadores.

Cidades incluídas na lista de liberação

Data limite para solicitação: 6 de agosto

  • Canoas;
  • Maratá;

Data limite para solicitação: 12 de agosto

  • Bento Gonçalves;
  • Cachoeirinha;
  • Capela de Santana;
  • Faxinal do Soturno;
  • Forquetinha;
  • Guaporé;
  • Lagoão;
  • Passo do Sobrado;
  • Rio Pardo;
  • Roca Sales;
  • Santiago;
  • São Jerônimo;
  • Sapiranga;
  • Taquari;
  • Teutônia.

Municípios onde o saque calamidade já está disponível

Atualmente, moradores de 59 cidades do RS podem solicitar o benefício voltado para desastres naturais. Veja:

  • Agudo;
  • Anta Gorda;
  • Arvorezinha;
  • Arroio do Meio;
  • Bento Gonçalves;
  • Bom Retiro do Sul;
  • Cachoeirinha;
  • Campo Bom;
  • Candelária;
  • Canoas;
  • Capela de Santana;
  • Carlos Barbosa;
  • Caxias do Sul;
  • Eldorado do Sul;
  • Encantado;
  • Esteio;
  • Farroupilha;
  • Faxinal do Soturno;
  • Feliz;
  • Forquetinha;
  • Guaíba;
  • Guaporé;
  • Harmonia;
  • Igrejinha;
  • Jaguari;
  • Lagoão;
  • Lajeado;
  • Maratá;
  • Mata;
  • Montenegro;
  • Nova Esperança do Sul;
  • Nova Palma;
  • Nova Petrópolis;
  • Nova Santa Rita;
  • Passo do Sobrado;
  • Paverama;
  • Portão;
  • Porto Alegre;
  • Porto Xavier;
  • Rio Pardo;
  • Roca Sales;
  • Rolante;
  • Santa Cruz do Sul;
  • Santa Tereza;
  • Santiago;
  • São Jerônimo;
  • São José do Herval;
  • São Leopoldo;
  • São Marcos;
  • São Sebastião do Caí;
  • Sapiranga;
  • Serafina Corrêa;
  • Sinimbu;
  • Sobradinho;
  • Taquara;
  • Taquari;
  • Teutônia;
  • Triunfo;
  • Venâncio Aires.

Passo a passo de como solicitar

Abaixo, confira o nosso tutorial de como receber o benefício. Em suma, a solicitação pode ser feita pelo aplicativo FGTS (disponível para Android e iOS), na guia “Saques”. Ao registrar o pedido, é possível indicar uma conta da CEF, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou de outra instituição bancária para receber os montantes, sem nenhum custo adicional. A seguir, veja o passo a passo:

  • 1. Ao acessar o app FGTS, clique na opção “Meus Saques”;
  • 2. Escolha a opção “Outras Situações de Saques”;
  • 3. Selecione o motivo do saque como “Calamidade Pública”;
  • 4. Selecione a cidade e clique em​ “Continuar”;
  • 5. Escolha uma das opções para receber o benefício​: crédito em conta bancária de qualquer instituição ou sacar presencialmente;
  • 6. Faça o upload dos documentos requeridos;
  • 7. Confira os documentos anexados e confirme;
  • 8. A Caixa irá analisar a solicitação e, caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.