Calendário Bolsa Família 2024 Maio: depósitos começam nesta semana

O Bolsa Família, programa de transferência de renda do governo federal, anunciou novidades em seu calendário e medidas emergenciais para os afetados por calamidades em todo o Brasil, prometendo assistência imediata a milhares de famílias. Em resposta rápida à situação de emergência vivenciada no Rio Grande do Sul devido a chuvas intensas, o governo federal decidiu pelo pagamento antecipado do Bolsa Família.

A partir de 17 de maio de 2024, cerca de 21 milhões de famílias em todo o país começarão a receber os benefícios, que neste mês apresentam valor médio de R$ 672,74 por família, com a Caixa Econômica Federal responsável pelos depósitos até o dia 31.

Além do aumento temporário para os afetados no Rio Grande do Sul, qualquer família que resida em áreas reconhecidas como de emergência pelo governo federal receberá o benefício independentemente do número final do NIS. Essa antecipação encapsula esforços para assegurar que a ajuda necessária seja distribuída sem demora às famílias em vulnerabilidade extrema.

Calendário do Bolsa Família de maio

Neste mês de maio, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, como de costume. Confira os repasses:

  • 17 de maio – NIS final 1
  • 20 de maio – NIS final 2
  • 21 de maio – NIS final 3
  • 22 de maio – NIS final 4
  • 23 de maio – NIS final 5
  • 24 de maio – NIS final 6
  • 27 de maio – NIS final 7
  • 28 de maio – NIS final 8
  • 29 de maio – NIS final 9
  • 31 de maio – NIS final 0

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Como saber se sua família está incluída no pagamento deste mês

Para garantir que você ou sua família receberão o Bolsa Família, é fundamental aguardar uma carta oficial via correio ou verificar a situação diretamente nas instâncias responsáveis, como CRAS ou o setor de assistência social da prefeitura. Também é possível consultar a situação do benefício por meio do aplicativo do Bolsa Família ou telefonicamente, através dos números 111 ou 0800 726 0207 da Caixa Econômica Federal.

Benefícios adicionais e quem tem direito

Desde junho de 2023, o governo federal incorporou novos benefícios ao Bolsa Família, ajustados para auxiliar especificamente crianças, adolescentes, gestantes e lactantes. Além disso, as famílias precisam se enquadrar no critério de renda máxima de R$ 218 por pessoa. Além do Auxílio Gás, pago a cada dois meses, os beneficiários podem receber:

  • Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142 por membro familiar; 
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600; 
  • Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos; 
  • Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos; 
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade; 
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025.

Os passos para se registrar e começar a receber o Bolsa Família envolvem inscrição no Cadastro Único, apresentação de documentos como CPF ou título de eleitor e uma verificação mensal automatizada pelo programa para inclusão de novos beneficiários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.