Governo emite alerta IMPORTANTE para todos os brasileiros; confira agora

Recentemente, circularam rumores sobre um possível novo auxílio alimentar de R$ 400 vinculado ao programa Bolsa Família. A notícia gerou expectativas entre os beneficiários, que aguardavam confirmação oficial. De acordo com declarações do Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), não há veracidade nas informações que indicavam a distribuição de um auxílio extra no valor mencionado ou de cestas básicas para os beneficiários do Bolsa Família.

O Bolsa Família foi projetado para assegurar um suporte financeiro a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Por meio de múltiplas frentes, o programa visa garantir acesso a serviços básicos como educação, saúde e assistência social, promovendo a inclusão social e cidadania.

Confira os principais benefícios do programa:

  • Benefício Variável Familiar Nutriz: Oferece R$ 50 adicionais por membro da família com até seis meses de idade.
  • Benefício de Renda de Cidadania: Proporciona um adicional de R$ 142 por pessoa.
  • Benefício Complementar: Assegura que o valor mínimo do Bolsa Família seja de R$ 600.
  • Benefício Primeira Infância: Adiciona R$ 150 mensais para cada criança de até sete anos na família.
  • Vale Gás: Consiste no pagamento bimestral do custo médio nacional de um botijão de gás de 13 kgs.

O auxílio emergencial e o Bolsa Família

A confusão entre os dois benefícios é comum, auxílio emergencial e Bolsa Família, especialmente com alterações pontuais e notícias falsas circulando. O Bolsa Família segue critérios específicos e regulamentados, garantindo transparência na distribuição de benefícios, enquanto o auxílio emergencial foi uma medida temporária durante o período mais crítico da pandemia de COVID-19.

A desinformação pode criar falsas expectativas entre os beneficiários do Bolsa Família. É importante recorrer a fontes oficiais e verificar a veracidade das informações antes de propagar notícias. O Bolsa Família continua a ser um pilar de suporte para milhões de famílias, com foco no fortalecimento de direitos básicos e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos brasileiros em situação de vulnerabilidade.

Calendário do Bolsa Família de maio

Neste mês de maio, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, como de costume. Confira os repasses:

  • 17 de maio – NIS final 1
  • 20 de maio – NIS final 2
  • 21 de maio – NIS final 3
  • 22 de maio – NIS final 4
  • 23 de maio – NIS final 5
  • 24 de maio – NIS final 6
  • 27 de maio – NIS final 7
  • 28 de maio – NIS final 8
  • 29 de maio – NIS final 9
  • 31 de maio – NIS final 0

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.