Cuidado! Nova regra no trânsito está pegando motoristas de surpresa

Atente-se às novas regras e evite ser penalizado com multas

Antes de tudo, é importante ter em mente que o Brasil possui uma legislação de trânsito que precisa ser cumprida por todos os condutores. Neste sentido, falaremos a respeito do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que passou por algumas mudanças significativas. Elas incluem informações sobre a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e até mesmo o uso de insulfilm nos veículos.

De acordo com o portal Jornal do Carro, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu novas diretrizes para o uso de insulfilm em veículos no ano passado. Com a resolução 960/2022, o órgão atualizou o percentual mínimo de luz exigido para atravessar a película.

Com a mudança, agora é de 70%, independentemente da cor do material. Anteriormente era de 75%. A norma serve para as principais áreas que fazem parte da visão do motorista, como por exemplo o para-brisas. Já no caso dos vidros traseiros, o mínimo permitido segue em 28%. Ainda, está proibido manter películas que estejam com bolhas.

Alterações na carteira de habilitação

Em relação a CNH, também tiveram algumas mudanças. A renovação da Carteira Nacional de Habilitação volta a ser de 30 dias após do vencimento. A prorrogação excepcional dos prazos foi feita logo no início de quarentena, em 2020.

E não para por aí: outra coisa que mudou foi o tempo de validade da CNH com base na idade do motorista. Sendo assim, condutores de até 49 anos têm o documento válido por 10 anos. Já quem está na faixa dos 50 a 69 anos, precisa renovar a CNH em apenas 5 anos. Além disso, o prazo para motoristas com 70 anos ou mais é de 3 anos.

As principias leis de trânsito do país

Confira a seguir três leis de trânsito de extrema importância no Brasil:

  • 1. Uso obrigatório do cinto de segurança para todos os presentes no veículo.
  • 2. É proibido dirigir embriagado.
  • 3. Crianças menores de 10 anos devem ser transportadas em equipamentos de segurança especiais.

Dispensa do documento para certos veículos

No entanto, a novidade mais impactante é, sem dúvida, a eliminação da obrigatoriedade da CNH para conduzir ciclomotores. Inclusos nessa categoria estão veículos como bicicletas elétricas e patinetes motorizados. Essa medida visa incentivar o uso de transportes alternativos e menos poluentes, especialmente em deslocamentos curtos e urbanos.

Todavia, ainda que a CNH tenha sido dispensada para veículos de pequeno porte, ela continua sendo um requisito essencial para a condução de automóveis, motocicletas, e veículos comerciais de maior porte. Isso se deve ao maior risco que esses veículos representam no trânsito, exigindo treinamento e preparo específicos para sua condução segura.

Saiba o que fazer caso tenha a CNH suspensa

Caso suspeite que sua CNH esteja suspensa, é de suma importância agir imediatamente para verificar e regularizar sua situação. Para isso, acesse o site do Detran do seu Estado, insira seus dados pessoais e verifique a situação da seu documento. Em caso de confirmação de suspensão, é preciso entregar a CNH ao órgão de trânsito, cumprir as penalidades aplicáveis, como cursos de reciclagem, e aguardar o prazo de suspensão antes de solicitar a reabilitação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.