Todos os inscritos do CadÚnico são convocados para bônus de R$ 102

Veja se você figura na lista de beneficiários que podem resgatar o montante

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) recebeu uma série de novidades. A gestão encabeçada por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por meio do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), anunciou uma ótima notícia para os cidadãos inscritos no banco de dados governamental.

Trata-se da liberação de uma parcela de R$ 102 de um importante benefício, agora acessível pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS). Este auxílio é crucial para muitas famílias brasileiras que enfrentam dificuldades para manter suas casas aquecidas e cozinhas funcionando.

Afinal de contas, de onde vem o montante adicional de R$ 102?

O Auxílio Gás foi criado com o objetivo de auxiliar as famílias de baixa renda na compra de botijão de gás de cozinha de 13 kg. Com a distribuição bimestral de R$ 102, o programa busca garantir que nenhuma família tenha que escolher entre cozinhar e outras despesas essenciais. Para estar elegível a receber este auxílio, é preciso:

  • 1. Estar inscrito no CadÚnico;
  • 2. Possuir uma renda familiar mensal por pessoa inferior a meio salário mínimo (atualmente, R$ 606);
  • 3. Prioridade é dada a mulheres vítimas de violência doméstica;
  • 4. Contemplados pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC) também estão incluídos.

Depósito do Auxílio Gás

Ele é creditado automaticamente na conta do Caixa Tem dos beneficiários elegíveis. Para acessar os fundos, basta baixar o app do Caixa Tem em seu celular e seguir as instruções para cadastro de seus dados pessoais. Inclusive, assim como o Bolsa Família, o cronograma de repasses do Auxílio Gás é organizado de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do titular.

É crucial manter-se informado sobre as datas específicas para evitar qualquer inconveniente. Como o benefício é pago a cada dois meses, o próximo deve cair somente em junho:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: depósito no dia 17 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: depósito no dia 18 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: depósito no dia 19 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: depósito no dia 20 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: depósito no dia 23 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: depósito no dia 24 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: depósito no dia 25 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: depósito no dia 26 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: depósito no dia 27 de junho;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: depósito no dia 30 de junho.

Outro ponto importante e que vale mencionar é que o benefício é restrito para cerca de 5 milhões de beneficiários, o que quer dizer que nem todos os cadastrados no CadÚnico têm chance de receber — lembrando que ele é concedido apenas para grupos prioritários.

Inscrição no CadÚnico

Para se cadastrar no CadÚnico, você deve se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência. É importante estar munido dos documentos pessoais de todos os membros da família, como RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, além de comprovantes de residência e renda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.