Lula libera verba de R$ 800 no Bolsa Família e Auxílio Gás ANTECIPADO nesta segunda (13)

A medida extraordinária visa ajudar os cidadãos em situação delicada

Em decorrência das fortes chuvas e enchentes que assolam o Rio Grande do Sul (RS), a gestão encabeçada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou um grande aporte financeiro para ajudar o Estado. Com um impacto estimado em R$ 50,9 bilhões, entre liberações de verbas antecipadas para programas assistenciais e investimentos, as medidas têm como objetivo amenizar os danos causados à população gaúcha.

Entre as iniciativas incluídas no “pacotão”, está a antecipação do cronograma de pagamentos dos programas Bolsa Família e Auxílio Gás. Como é de se imaginar, a medida visa contemplar cerca de 583 mil famílias que vivem no RS. O impacto financeiro desse adiantamento é estimado em R$ 380 milhões.

Com uma parcela média que gira em torno de R$ 690 do Bolsa Família, juntamente com o Auxílio Gás de R$ 100, os beneficiários elegíveis podem receber quase R$ 800. Na média, de acordo com dados do Governo Federal, cada uma das 583 mil famílias receberá R$ 651,00, incluindo aquelas que fazem parte da Regra de Proteção, que recebem 50% do valor.

Liberação começa no dia 17 de maio

A partir do dia 17 de maio, os segurados do Bolsa Família e do Auxílio Gás que residem nos municípios gaúchos terão acesso antecipado aos recursos. Ou seja, não será preciso aguardar a data inicialmente estipulada, que segue o calendário escalonado conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do titular.

Cabe destacar que nesse mês de maio não haveria o repasse do Auxílio Gás para nenhum cidadão, visto que o benefício é pago bimestralmente e só seria depositado em junho. Sendo assim, moradores do Rio Grande do Sul que recebem o Auxílio gás terão o montante antecipado em cerca de um mês.

Os valores estarão disponíveis no primeiro dia de repasse do Bolsa Família para as cidades gaúchas, sendo um alívio financeiro extra para as famílias afetadas pelas tempestades. A seleção dos contemplados pelo Auxílio gás é feita com base nos dados registrados pelas prefeituras no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Consulta e saque dos benefícios

Para os agraciados pelo programa de transferência de renda, já é possível consultar as quantias disponíveis por meio dos aplicativos Bolsa Família e Caixa Tem (ambos disponíveis para Android e iOS). Após baixar o app, basta acessá-lo e selecionar a opção “ver parcelas” para visualizar os valores liberados e se há algum tipo de impedimento.

Além das famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, outros moradores de municípios brasileiros em estado de emergência também terão as parcelas liberadas a partir do dia 17 de maio. Inclusive, o saque do benefício pode ser feito em agências da Caixa Econômica Federal, postos de atendimento bancários, lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, terminais de autoatendimento e unidades itinerantes.

Calendário para os demais beneficiários

Aqueles que não residem no RS, mas que fazem parte do Bolsa Família, deverão seguir o cronograma estabelecido previamente pelo Governo Federal. Dito isso, a seguir, confira todas as datas:

  • NIS terminado em 1: pagamento no dia 17 de maio;
  • NIS terminado em 2: pagamento no dia 20 de maio;
  • NIS terminado em 3: pagamento no dia 21 de maio;
  • NIS terminado em 4: pagamento no dia 22 de maio;
  • NIS terminado em 5: pagamento no dia 23 de maio;
  • NIS terminado em 6: pagamento no dia 24 de maio;
  • NIS terminado em 7: pagamento no dia 27 de maio;
  • NIS terminado em 8: pagamento no dia 28 de maio;
  • NIS terminado em 9: pagamento no dia 29 de maio;
  • NIS terminado em 0: pagamento no dia 31 de maio.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.