Datas do Bolsa Família de Maio são reveladas para NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

Com atualizações significativas anualmente, o Bolsa Família, programa vital de transferência direta de renda, vem com novidades para o ano de 2024. O programa atende milhões de brasileiros que estão em situação de vulnerabilidade social e econômica, proporcionando um importante suporte financeiro para famílias que dele necessitam.

No próximo dia 17, a Caixa Econômica Federal começará a liberar os pagamentos referentes ao mês de maio, seguindo um calendário detalhadamente planejado. Este cronograma é desenhado para assegurar que o benefício seja disponibilizado de forma eficiente e organizada, evitando desordens no processo de distribuição dos recursos.

Calendário do Bolsa Família de maio

Neste mês de maio, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, como de costume. Confira os repasses:

  • 17 de maio – NIS final 1
  • 20 de maio – NIS final 2
  • 21 de maio – NIS final 3
  • 22 de maio – NIS final 4
  • 23 de maio – NIS final 5
  • 24 de maio – NIS final 6
  • 27 de maio – NIS final 7
  • 28 de maio – NIS final 8
  • 29 de maio – NIS final 9
  • 31 de maio – NIS final 0

A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

A partir de maio, os beneficiários começam a receber bônus adicionais por filho, e também adicionais para jovens entre 7 e 18 anos e gestantes. Estes adicionais são fundamentais para garantir que as necessidades básicas dessas faixas etárias e condições específicas sejam atendidas, contribuindo direta e significativamente no combate à pobreza e à desigualdade social.

Como conferir se você está entre os beneficiários

Os interessados em verificar sua aprovação para receber os benefícios do Bolsa Família podem fazer isso por meio do aplicativo oficial do programa ou através do site da Caixa. Ambas as plataformas são seguras e atualizadas regularmente, garantindo que a informação disponível seja precisa e confiável.

É essencial consultar regularmente se há atualizações ou mudanças no seu status de beneficiário, para garantir que você esteja sempre informado sobre sua situação e sobre os recursos que pode receber. As consultas podem ser efetuadas facilmente por meio do aplicativo do Cadastro Único ou pela Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.