Aprenda a desbloquear R$ 600 do Caixa Tem ainda em abril

Veja todos os critérios para receber o montante e ter um grande alívio financeiro

Para milhares de brasileiros, em especial aqueles que são contemplados por programas assistenciais do Governo Federal, o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS) tornou-se uma ferramenta fundamental. Neste mês de abril, os beneficiários do Bolsa Família têm motivos de sobra para comemorar, pois na próxima semana serão iniciados os repasses, depositando R$ 600 diretamente na conta, com chances de receber auxílios adicionais que podem incrementar o montante.

Neste sentido, além do pagamento padrão para mais de 20 milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade econômica, os benefícios extras serão liberados. Trata-se de um esforço do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) para apoiar diversas famílias que se enquadram nos critérios impostos e que estejam devidamente inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Bolsa Família: benefícios adicionais

Para ter acesso aos montantes extras, é essencial estar em dia com o CadÚnico e ter o app do Caixa Tem instalado em seu celular. Abaixo, elencamos os benefícios adicionais para os segurados. Veja:

  • 1. Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 adicionais por membro da família;
  • 2. Benefício Complementar (BCO): assegura que o valor recebido pelas famílias atinja pelo menos R$ 600;
  • 3. Benefício Primeira Infância (BPI): R$ 150 mensais para cada criança de até sete anos;
  • 4. Benefício Variável Familiar (BVF): uma quantia extra de R$ 50 mensais para gestantes e jovens de sete a 18 anos incompletos;
  • 5. Vale Gás: cobre o valor médio de um botijão de gás de 13 kg de forma bimestral, isto é, a cada dois meses. Em abril, será repassado R$ 102.

Cronograma completo do Bolsa Família de abril

A programação dos repasses segue uma ordem baseada no último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Dito isso, confira as datas específicas para cada beneficiário:

  • Beneficiários com NIS terminado em 1: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 2: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 3: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 4: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 5: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 6: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 7: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 8: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 9: pagamento no dia 17 de abril;
  • Beneficiários com NIS terminado em 0: pagamento no dia 17 de abril.

Para ter acesso, lembre-se de manter o seu registro no CadÚnico atualizado. Do contrário, há uma grande chance do MDS suspender seus recursos e, caso a situação perdure, lhe exclua do Bolsa Família. Logo, qualquer mudança cadastral deve ser informada no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Vale ressaltar que a iniciativa reforça o compromisso do Governo Federal em apoiar famílias carentes de todo território nacional, especialmente em momentos de crise, garantindo, assim, que nenhum brasileiro fique desamparado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.